NOTÍCIAS

 

Juiz defende direito do cidadão ter armas em casa

O juiz Henrique Baltaza, da Vara de Execuções Penais de Natal, falou sobre a tentativa de assalto sofrida por seus familiares na noite da última terça-feira (19), na casa da família, no bairro de Capim Macio, em Natal. Através de uma rede social, o titular da Vara de Execuções Penais de Natal explicou o ocorrido e voltou a defender o “direito de legítima defesa de todo cidadão”, ao citar o fato de possuir armas em casa.

A tentativa de assalto ocorrida ontem foi frustrada após o filho do magistrado atirar contra os criminosos, que tentariam invadir a residência. Segundo o magistrado, ele, a mulher - que é agente penitenciária e possui arma própria - e o filho praticam o tiro esportivo há alguns anos. “Antes que surjam versões distorcidas, prefiro mostrar detalhes. [...] esclareço que tenho algumas armas em casa, sendo todas registradas. Minha esposa é agente penitenciária, tem arma própria e sabe atirar, o que não foi necessário, porque os bandidos não conseguiram passar do portão quando meu filho começou atirar neles, o que fez logo que o primeiro deles surgiu, com uma pistola na mão. Onde se posicionou, ela atiraria se o bandido tivesse passado do portão. Toda minha família sabe atirar, sendo, aliás, o tiro, um esporte que praticamos juntos há muitos anos (alguns troféus são guardados com carinho), sendo a situação enfrentada com responsabilidade”, explicou o juiz.

 

Fonte:

Postada em: 21/01/2016

 

 

 

PEDIDOS

NOME

CIDADE / ESTADO

PEDIDO

TOP 10

 

 

PARCEIROS

Litoral fm 87 - Todos os direitos reservados ao sistema digital de rádios.

Desenvolvido por: Digi Contro Brasil LTDA