MATÉRIAS

 

Justiça rejeita Ação de Improbidade Administrativa contra Rosalba e ex-secretário

O juiz Geraldo Antônio da Mota, da 3ª Vara da Fazenda Pública de Natal, rejeitou uma Ação Civil Pública por Ato de Improbidade Administrativa contra Rosalba Ciarlini Rosado e Francisco Obery Rodrigues Júnior, respectivamente, ex-governadora do Estado e ex-secretário de Planejamento e Finanças, acusados de aplicação incorreta do mínimo constitucional de 25% da receita resultante de impostos e transferências na manutenção e desenvolvimento do ensino.

Na avaliação do magistrado, diante das circunstâncias levadas aos autos processuais, inexistem na ação judicial dados fáticos que ensejem a apuração de desonestidade por parte da ex-governadora do Estado e secretário de Planejamento e Finanças que abrigue o recebimento da Ação Civil Pública, e, na forma do art. 17, § 8º, da Lei 8.429/ 92, a rejeitou.

 

 

Autor:

Postada em: 17/02/2016

 

 

 

PEDIDOS

NOME

CIDADE / ESTADO

PEDIDO

TOP 10

 

 

PARCEIROS

Litoral fm 87 - Todos os direitos reservados ao sistema digital de rádios.

Desenvolvido por: Digi Contro Brasil LTDA